Escovação Dentária dos Gatos

Assessoria de Imprensa

 

Escovação dentária:

A escovação deve representar um momento agradável e não um castigo para o animal. Deve-se condicionar o filhote o mais cedo possível. Inicialmente apenas manipula-se a cavidade oral para que ele vá se acostumando. Faça isso várias vezes ao dia. Nunca o reprima quando ele não deixar, faça o contrário, lhe agrade e elogie cada vez que permitir, mesmo que seja por alguns poucos segundos. Desta forma estará incentivando-o. Aos poucos enrole uma gaze no dedo e massageie a gengiva, novamente respeite o limite de seu animal não ralhando quando este se cansar. Ao final de cada sessão ofereça uma gratificação; um petisco, um passeio ou uma brincadeira. Ele deverá sempre associar a escovação a uma ação prazerosa. Com o tempo, troque a gaze pela escova de dente em forma de dedal, e após pela escova de cerdas macias. Nunca utilize pasta de dente humana, pois o sabão e o flúor podem irritar a mucosa gástrica e intoxicar o animal, respectivamente. Utilize as pastas especiais para animais, que além de não serem prejudiciais incentivam a escovação devido ao sabor artificial (carne, galinha, etc.). Com dedicação, paciência e carinho seu animal irá associar a escovação a uma ação prazerosa e, com certeza, com a higiene oral será muito mais saudável.

Juliana Kowalesky
Médica Veterinária
Doutora pela FMVZ -USP
Sócia Fundadora da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária - ABOV
Diretora Científica da Sociedade Paulista de Medicina Veterinária - SPMV
 

 


Leia Também

Chove chuva
Pés e Patas na Estrada
Como Atenuar os Efeitos dos Fogos de Artifício
Cuidados no Verão