Animal ativo

Cães

Supox

Supox

Produto 3 em 1: Carrapaticida, sarnicida e pulicida. Alternativa ideal na rotação de ativos para o controle de ectoparasitas.

Indicação:

Cães
cachorros

Bula

Supox

 

FÓRMULA:


Cada 100 mL contém:

Supona (Clorfenvinfós) 10 g
Veículo q.s.p 100 mL

 

INDICAÇÕES:


No combate a carrapatos de cães (Rhipicephalus sanguineus), pulgas (Ctenocephalides sp) e sarna (Sarcoptes scabiei) dos cães.

Cães: exceto os das raças Whippet e Greyhound.

 

POSOLOGIA E MODO DE USAR:


PULVERIZAÇÃO DE INSTALAÇÕES E CANIS: Diluir 100mL de Supox em 2,5L de água, agitar até formar uma mistura homogênea e colocar essa mistura no pulverizador. Aplicar com o pulverizador nos locais preferidos das pulgas e dos carrapatos como: cantos, frestas, batentes, portas, paredes, tetos, pisos de áreas externas e canis. Deixarr secar naturalmente.

CARRAPATOS (Pulverização): Preparar uma solução a 0,05%, ou seja, 5 mL para cada litro de água. Pulverizar o animal tomando cuidado para que o jato penetre bem debaixo dos pêlos.Assegure-se de que todas as partes do corpo do animal sejam bem molhadas, inclusive as axilas, a cauda e o interior das orelhas. O intervalo entre as pulverizações deve ser de 25 a 30 dias, para impedir reinfestação, consulte o Médico Veterinário para o correto controle de carrapatos no ambiente.

PULGAS (Banho): Preparar a mesma solução indicada para o combate dos carrapatos (5 mL/para cada litro de água) e banhar o animal da mesma maneira indicada para o combate aos carrapatos, tendo-se o cuidado de também combater as pulgas que estiverem no ambiente, de forma a evitar reinfestação.

SARNA (Banho): Preparar uma solução a 0,05% (5 mL para cada litro de água), banhar o animal tomando cuidado para que a solução atinja adequadamente as regiões afetadas, assegure-se que todas as partes acometidas sejam bem molhadas. Devem ser dados 4 banhos semanais, sendo que a duração do tratamento varia de acordo com o grau de infestação do animal. O acompanhamento do médico veterinário é necessário para determinar o número de aplicações para cada caso.

 

PRECAUÇÕES:


  • Não tratar os animais durante as horas de calor intenso ou chuva.
  • Não tratar animais com menos de 4 meses de idade.
  • Não utilizar em felinos nem em cães das raças Whippet e Greyhound.
  • Conservar o produto em local fresco e seco, ao abrigo as luz solar e fora do alcance das crianças e animais domésticos.
  • Lavar com água e sabão as partes do corpo que entrarem em contato com o produto puro ou diluído.
  • Durante a pulverização, o operador deve evitar o contato com o liquido pulverizado e, terminada a pulverização, deve tomar banho e trocar de roupa.
  • Dê destinação adequada às embalagens e sobras de produto ectoparasiticida.
  • Não guarde ou aplique perto de alimentos, bebidas, medicamentos, produtos de higiene e domésticos.
  ATENÇÃO: CUIDADO VENENO

INIBIDOR DA COLINESTERASE.

 

ANTÍDOTO:


SULFATO DE ATROPINA.

Para animais: Aplicar imediatamente sulfato de atropina a 1%, por via subcutânea, na dose de 3 a 10 mL, dependendo do tamanho do animal.

Para homens: chamar imediatamente o médico. Até que o socorro médico possa ser prestado, administrar ao paciente 0,3 mL de sulfato de atropina a 1% ou 3 mL da solução a 0,1% por via subcutânea.

 

APRESENTAÇÃO:


Frascos de 100 mL.

 

Conservar o produto em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
8.915/2.004.

Venda sob prescrição do Médico Veterinário.
 

Resp. Téc. Méd. Vet.: Dra. Thaís Marino Silva Girio 
CRMV/SP 17.469