Animal ativo

Caprinos

Sorovita

Sorovita

Indicado como reconstituinte nos casos de desnutrição e como coadjuvante no tratamento de doenças infecciosas.

Indicação:

Bovinos
bovinos
Equinos
equinos
Suínos
suinos
Ovinos
ovinos
Caprinos
caprinos

Bula

Sorovita

 

FÓRMULA:


Cada 100 mL contém:

Glicose 25 g
Vitamina C 2,5 g
Vitamina B1 0,5 g
Veículo q.s.p 100 mL


PROPRIEDADES:


A vitamina C é indispensável à vida, intervem de maneira muito ativa nos fenômenos de oxirredução celular, é estimulante do funcionamento de certas glândulas endócrinas como: suprarenais e hipófise, e diminuI o tempo de coagulação sanguínea. Possui também propriedades anti-infecciosas pois ela aumenta a resistência do organismo contra  as infecções.
A vitamina B1  é indispensável para a nutrição do sistema nervoso, muscular e glandular. A vitamina B1 é esterificada pelo ácido pirofosfórico se convertendo em carboxilase, coenzima ou condiatase, que intervem no metabolismo de glicídeos do organismo e principalmente no curso da contração muscular, ainda é necessária no metabolismo de lipídios e protídeos, porém, em menor quantidade. Em sua ausência os produtos de degradação incompleta dos glicídeos como o ácido pirúvico e lático se acumulam nos tecidos causando alterações nervosas e musculares.
A glicose tem um elevado poder nutritivo além de ser tônico cardíaco, favorece a função anti-tóxica do fígado e a diurese, sendo por isso largamente utilizada no decurso das doenças infecciosas, nas intoxicações e convalescenças.
 
 

INDICAÇÕES:


É indicado como tônico e nutritivo em casos de desnutrição, anemias, inapetência, intoxicações, stress, acetonemia e nas convalescenças de enfermidades prolongadas sejam elas de origem parasitárias ou infecciosas. Como coadjuvante no tratamento de doenças infecciosas e parasitárias e em distúrbios neuro-musculares.

 

POSOLOGIA E MODO DE USAR:


Bovinos, equinos e muares 20 a 40 mL
Bezerros e potros 10 a 20 mL
Ovinos, caprinos e suínos  10 a 20 mL

As dosagens acima devem ser aplicadas por via endovenosa, seguindo a recomendação de que se faça uma aplicação diária por um período de 6 a 12 dias. Utilizar sempre agulhas e seringas esterilizadas e fazer a assepsia do local com álcool iodado. As dosagens acima poderão ser aumentadas dependendo do estado do animal, sempre a critério do Médico Veterinário.


APRESENTAÇÃO:


  • Caixa com 1 frasco-ampola de 100 mL.

 

Resp. Téc. Méd. Vet.:Dra. Thaís Marino Silva Girio:

CRMV/SP 17.469

Licenciado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
777/1952